A CryptoBRL ou cBRL é uma stablecoin brasileira que está conquistando o mercado nacional. A cBRL é uma stablecoin lastreada no Real com paridade de 1:1.  Hoje, vamos te mostrar quais são as principais vantagens desse investimento. Continue lendo!

Ela foi desenvolvida para ser uma ferramenta de meio de pagamento totalmente digital que não tem a necessidade de passar pelo sistema bancário tradicional. Ou seja, permite por exemplo que grandes empresas possam enviar remessas de valores uma para outras sem a necessidade de pagar tarifas bancárias e sem o risco de volatilidade, pois ela sempre está pareada com o Real. 

Exchanges, empresas de pagamento e outras instituições têm ajudado na rápida expansão da stablecoin. Essas parcerias também facilitam na sua consolidação como uma criptomoeda interessante no mercado.

O que é a cBRL?

A CryptoBRL é um token presente no blockchain da rede Ethereum e é pareado de um para um (1:1) com o Real brasileiro. Isso significa que para cada moeda de cBRL existe o equivalente em Reais no banco. 

Ou seja, a cBRL não é uma moeda Fiduciária, mas sim lastreada em Reais, seu valor é intrínseco e representa um mesmo valor em Reais. Essa principal característica a classifica como Stablecoin

O lastro também ajuda a controlar a volatilidade já conhecida das criptomoedas, e essa estabilidade permite que seu usuário possa realizar transações diversas e se proteger de desvalorizações repentinas comuns no preço do Bitcoin, por exemplo. 

A cBRL é resultado de um projeto iniciado por duas empresas conhecidas no ramo de cripto, a Biscoint e a Bitpreço e que tinha como principal objetivo criar uma criptomoeda que fosse aceita amplamente no Brasil e também no cenário internacional. 

Hoje, pouco mais de dois meses após seu lançamento no mercado, a cBRL é a stablecoin mais aceita no mercado brasileiro, conquistando investidores e instituições financeiras. 

A cBRL, no entanto, não foi a primeira stablecoin brasileira. Em 2018 a fintech Go Money assumiu essa empreitada e lançou a GoMoney Criptocoin (GMC). 

A GoMoney coin era uma criptomoeda própria e com paridade 1:1 com o Dólar. Seu objetivo também era o de oferecer uma moeda estável e de fácil comercialização por utilizar a tecnologia blockchain. 

Em 2019, além da cBRL, o Brasil investiu de forma ativa no desenvolvimento de outras stablecoins. Ao menos 5 diferentes moedas foram criadas: CryptoBRL, RealT, Flexys, BRZ e RAS (e provavelmente outras). Mas nenhuma conquistou tanto espaço quanto a cBRL neste período. 

Mas vamos retomar quais as características e as vantagens das stablecoins. 

O que são stablecoins?

As stablecoins são criptomoedas cujo valor está atrelado a outro ativo estável. No início, as primeiras stablecoins foram desenvolvidas atreladas ao dólar, mas são diversos os ativos que podem ser pareados, como commodities, ouro, imóveis e outras moedas. 

Seguindo a lógica de corrigir e minimizar a questão da volatilidade dos preços das moedas digitais, o mais importante é que este seja um ativo estável. Desta forma, o preço ou valor das stablecoins é sempre o mesmo do ativo ao qual ela está pareada. 

Por que usar uma stablecoin?

As stablecoins vêm atraindo cada vez mais a atenção de investidores justamente por oferecer a estabilidade nos preços que falta em moedas como o Bitcoin. Além disso, como as stablecoins também utilizam a tecnologia do blockchain, elas ainda oferecem segurança e transparência nas transações, além de possibilitar que as transações ocorram 24 horas por dia. 

Desta forma, podemos concluir que são três as grandes vantagens de se escolher stable coins na hora de investir:

Estabilidade

Ao escolher ativos que também apresentam a característica de segurança e estabilidade na economia tradicional, as stablecoins trazem consigo a mesma estabilidade para a criptoeconomia e minimizam possíveis perdas decorrentes de desvalorizações repentinas, comum em investimentos em criptomoedas.

Transparência

O uso do blockchain para registrar as operações efetuadas confere a esses Criptoativos um bom nível de transparência e isso ajuda e fortalecer as stablecoins no mercado. 

No caso específico da cBRL, a transparência é ainda mais incentivada porque qualquer instituição pode se candidatar para ser um auditor e possuir acesso em modo leitura das transações. 

Eficiência

Novamente, o uso do blockchain também auxilia na eficiência deste ativo. Isso porque a tecnologia torna possível o funcionamento ininterrupto do sistema, 24/7. Por conta disso, elas podem ser negociadas o tempo inteiro e em qualquer lugar do mundo. 

Ou seja, a eliminação do fator incerteza, muito presente quando aplicado ao preço das criptomoedas, torna o investimento em stablecoins mais vantajoso para investidores. 

Além disso, em situações mais críticas, ou em países em que as moedas nacionais se encontram enfraquecidas, as stablecoins se apresentam como uma alternativa viável e segura de investimento. 

Como utilizar a cBRL no dia a dia

É possível usar a cBRL de várias formas e em diversos ambientes. Por exemplo, ela já está presente em diversas corretoras, em serviços de pagamentos. Além disso, ela pode ser armazenada e integrar de forma interessante uma carteira de investimentos em criptos

A CryptoBRL permite transferir valores equivalente em Reais de forma imediata, e sem preocupações com relação ao seu preço em BRL e também, com o benefício de não se limitar aos horários bancários para realizar suas transações – isto por conta da utilização da tecnologia blockchain, como comentamos. 

A adoção e expansão crescente do cBRL no Brasil aponta para um futuro promissor na criptoeconomia brasileira, ainda mais considerando todas as vantagens em seu uso. 

Além disso, está moeda pode ter um papel ainda mais importante ao trazer mais investidores e ajudar a popularizar o uso de criptomoedas no Brasil.

Ficou interessado em utilizar a cBRL como meio de pagamento? O Alterbank pode te ajudar. Os clientes do Alterbank já podem contar com serviços como depósito de CryptoBRL em nosso aplicativo. 

Se você ainda não abriu sua conta aqui no Alterbank, não perca tempo! Aproveite nossa gama de serviços e todas as vantagens que a criptoeconomia e a cBRL tem para oferecer.