O valor do Bitcoin explodiu na última semana, com um desempenho surpreendente em um ano que arrasou diversas economias e que foi muito sofrido para o mercado financeiro tradicional. Assim, a curiosidade sobre os caminhos possíveis do Bitcoin só cresce e vamos apresentar algumas previsões discutidas para a pioneira das criptomoedas. 

Previsões para o Futuro do Bitcoin: Rumo ao espaço?

A adoção do Bitcoin nesse ano e o aumento da confiança de seus investidores são alguns dos fatores que auxiliam na consolidação da moeda não só na criptoeconomia, como também no mercado convencional que observava o BTC com muita cautela e ceticismo.

Em contrapartida, o real é a moeda com pior desempenho no mundo em 2020. A moeda americana já soma uma alta de 40% quando comparada ao real que está valendo hoje, 06 de novembro, R$ 5,44.

A alta recente do Bitcoin

No começo desse mês de novembro o Bitcoin bateu pela primeira vez desde janeiro de 2018 o limite de U$ 15.000,00 fechando um novo recorde nesse ano com valor de U$ 15.000,00.

Segundo a Cointelegraph, são dois os pontos que podem explicar o ótimo desempenho do Bitcoin e sua atual valorização impressionante: a percepção geral de seu potencial como reserva alternativa de valor e também ao processo de reconhecimento da criptomoeda pelo mainstream econômico e financeiro.

Esse sentimento positivo que contorna recentemente o BTC e a sua capacidade de superar os diversos obstáculos que 2020 foi dispondo em seu caminho, auxiliaram a criptomoeda a apresentar resultado melhor do que diversos bancos americanos (JPMorgan e Goldman Sachs, por exemplo) e de outros ativos de risco durante o ano pandêmico.

Com atuação louvável é natural que seus investidores fiquem de olho para ver se o BTC continua sua trajetória de sucesso, ou se ele pode estabilizar num futuro próximo.

Previsões no curto prazo e o impacto da eleição americana

Os analistas preveem um possível reajuste de preços após essa última alta impressionante, esse seria um processo natural de correção de preços, tendo em vista que alguns participantes do mercado que compraram BTC a preços mais baixos podem sair do mercado. Ou seja, no curto prazo podemos esperar uma baixa.

Muito embora o Bitcoin seja considerado uma moeda menos suscetível a pressões políticas, a atual eleição americana também pode influenciar no futuro do Bitcoin e das criptomoedas.

Não apenas por possíveis avanços regulatórios que os candidatos podem emplacar, como as novas propostas de regulamentação americana, mas com o incentivo ao uso de criptomoedas advindo das instabilidades econômicas e políticas por conta do processo eleitoral.

Ou seja, a demora do processo eleitoral americano e a incerteza com seu resultado, ainda mais agora com as tentativas de judicialização da eleição levantadas por Donald Trump, se traduzem em instabilidades no mercado.

Nesse sentido, o Bitcoin se apresenta como uma alternativa menos suscetível ao caos americano político e econômico e as possíveis políticas monetárias que o presidente eleito pode implementar, o que aumenta sua procura e confirma sua consolidação.

Desta forma, muitos especialistas estão prevendo uma alta volatilidade do preço das criptomoedas e do próprio mercado de ações até que o próximo presidente dos Estados Unidos seja definido.

Rumo ao espaço?

Com relação às previsões de médio/longo prazo, as expectativas são animadoras. Segundo o relatório da Bloomberg Crypto Outlook, publicado em outubro de 2020, o Bitcoin pode continuar em valorização crescente se a volatilidade do mercado de ações persistir.

Com base em uma análise da trajetória histórica do Bitcoin e ancorados na tendência de investidores em considerar o Bitcoin de forma similar a ativos como o ouro, seu preço pode chegar a marca de U$ 100.000,00 em 2025.

O mesmo relatório anteviu a alta do Bitcoin para U$ 14.000,00 ainda este ano, impulsionado por instabilidades do mercado financeiro – enquanto outras previsões entendiam uma queda grande em novembro que claramente não aconteceu.

Outro ponto levantado que pode ajudar no aumento da demanda e, por consequência, estimular essa valorização prevista é o aumento da aceitação institucional da criptomoeda. Além disso, ‘educar’ o mercado e investidores acerca do comportamento do Bitcoin pode ajudar a deixa-los mais confortáveis em adotar esse ativo como uma possibilidade de investimento.

Análises de previsão de preços de moedas são sempre complexas, ainda mais quando tratamos de um ativo volátil e com pouca evidência histórica como o Bitcoin, que ainda está no começo de sua trajetória.

Mas é interessante destacar os pontos que os analistas consideram importantes para impulsionar demanda e a valorização: aceitação institucional e educação do mercado. Esses são pontos chaves de atuação do Alterbank, estimulando o uso do Bitcoin no dia a dia de seus clientes e com isso, ‘educar’ o mercado acerca de suas possibilidades de uso e de investimento.

Quer fazer parte desse processo de transformação econômica? Entre para o mundo cripto, abra sua conta no Alterbank. E quer saber mais sobre Bitcoin e criptomoedas? Acesse nossos materiais e nos siga nas redes sociais.