Criptomoedas prometem universalizar o dinheiro e os meios de pagamentos, para qualquer um, em qualquer lugar do mundo. No entanto, uma nova onde de inovação promete revolucionar todos serviços financeiros que conhecemos, são as Finanças descentralizadas (De-Fi).

Conheça o De-Fi, o futuro da criptoeconomia

As finanças descentralizadas, ou De-Fi, de Decentralized Finance, são um movimento global que promete dar um passo além do que as criptomoedas deram. Pense em todos os serviços financeiros que você utiliza hoje, como poupança, empréstimos, seguros, transferências etc. Imagine que todos esses serviços possam estar acessíveis de forma aberta e descentralizada. Ou seja, sem a necessidade de um banco tradicional e disponíveis para qualquer um ao redor do mundo que tenha um smartphone e acesso à Internet.

Isto é totalmente possível através dos contratos inteligentes (smart contracts) do blockchain, como o bem conhecido Ethereum. “Contratos inteligentes” são programas que rodam dentro do blockchain e que executam ações de forma automática quando certas condições são atingidas. Estes “contratos inteligentes” permitem que desenvolvedores construam funcionalidades extremamente sofisticadas, muito além do que apenas enviar e receber criptomoedas por aí.

Aplicativos Descentralizados

Estes programas são conhecidos como aplicativos descentralizados ou DAPPs. Você pode pensar nos DAPPS como um aplicativo que foi construído com tecnologia descentralizada por várias pessoas e entidades. Ou seja, ele não é feito e controlado por uma única empresa.

Alguns destes conceitos podem soar futurístico demais, como empréstimos automatizados sendo negociados diretamente entre dois estranhos a milhares de quilômetros de distância e sem a intermediação de um grande banco. Porém, muitas destas funções ditas futuristas já estão disponíveis em DAPPS.

Por exemplo, já existem DAPPs que permitem que você crie seu próprio dinheiro digital, uma stablecoin (Criptomoeda estável, geralmente lastreada em uma moeda fiduciária como o Real), empreste esta moeda digital e em seguida, ganhe juros com sua própria moeda. Sim, isso tudo é possível em teoria.

Principais diferenças

Quais são as principais diferença entre os De-Fi, DAPPs e os bancos tradicionais e seu conhecido sistema financeiro?

Operação

Como princípio, as operações destes negócios não são gerenciadas por uma instituição, ou uma empresa. Ao invés de disso, as regras, procedimentos e políticas são escritas em códigos (contratos inteligentes). Uma vez que os contratos inteligentes são lançados no blockchain, os De-Fis DAPPs podem rodar praticamente sozinhos, com pouquíssima intervenção humana, embora seja comum uma equipe responsável por atualizações e consertos de bugs.

Transparência

O código é totalmente transparente e qualquer um no blockchain pode auditá-lo. Esta transparência gera um tipo novo de confiança entre os usuários, pois qualquer pessoa pode entender a fundo o funcionamento do contrato, achar falhas e prover melhorias. Você já leu um contrato de serviço bancário por completo? Não? Os usuários do Blockchain têm o costume de ler.

Além da operação transparente, todas as atividades e transações são visíveis em um contrato inteligente. Você pode estar se perguntando, onde fica a privacidade neste momento? Por padrão, as transações são públicas, porém indexadas a pseudônimos que não estão atrelados diretamente a sua identidade, mantendo intacta sua privacidade.

Global

DAPPs foram desenhados para serem globais desde seu primeiro dia de funcionamento. Seja um morador de São Paulo ou Nairóbi, no Quênia. Todos terão acesso ao mesmo serviço De-Fi. Obviamente, os De-Fis não estão apartados da realidade que vivemos e estão sujeitos a regulações governamentais locais que podem modificar a entrega do serviço. Porém, em síntese, o acesso à internet é único pré-requisito necessário para que todos tenham acesso ao mesmo serviço.

Flexível

Não gosta da interface de algum DAPP? Simples, você pode usar uma interface paralela de terceiros ou criar sua própria. Os contratos inteligentes são como APIs públicas em que qualquer pessoa pode construir um app com interface própria.

Modulável

Novas aplicações De-Fi podem ser construídas ou “montadas” através de outros DAPPs, como se fossem peças de lego montando um objeto maior. Exchanges descentralizadas que oferecem suas próprias moedas são um exemplo claro desta “composição”.

A esta altura, ou você entendeu o potencial e está intrigado com as possibilidades que os contratos inteligentes trazem para o mundo, ou não entendeu nada e está se perguntando como isto funciona. Para ambos os casos, conheçam alguns exemplos reais do uso de contratos inteligentes e como eles podem mudar completamente as relações de troca na sociedade.

Crypto-BRL (cBRL)

A Crypto-BRL é um contrato inteligente de Stablecoin, uma criptomoeda estável lastreada em Reais. De forma resumida, é Real digital. Para cada unidade (comumente chamado de token) de cBRL sendo transacionada na rede Ethereum, existe um Real verdadeiro guardado em um banco, podendo ser auditado por qualquer usuário. Neste caso, qualquer pessoa no mundo pode transacionar Reais com outras pessoas, de forma pseudo autônoma, extremamente rápida e praticamente gratuita. Um paralelo a esta função nos serviços bancários tradicionais seria o burocrático envio de remessas para o Exterior e sua miríade de códigos bancários necessários para que o dinheiro chegue no destino.

PAX Gold

Tradicionalmente existem duas maneiras de se ter Ouro. Na primeira, em forma física, geralmente joias, e a segunda em forma de papel, comprando títulos de ouro (OZ1D) na Bolsa de Valores. Os contratos inteligentes introduziram o caminho digital. No PAX Gold você pode comprar tokens que representam frações de ouro verdadeiro, custodiado em algum banco.

Em síntese, os contratos inteligentes permitem virtualizar frações de ativos reais. Permitindo uma transação rápida, segura e transparente entre indivíduos sem passar pela burocracia e lentidão do sistema bancário tradicional.

Essa maneira de fragmentar e digitalizar ativos reais pode ser aplicada a qualquer coisa. Você pode comprar tokens de um empreendimento imobiliário ou ser dono de uma pequena fração de uma grande fazenda tokenizada. Quem disse ser necessário ter uma fazenda para se ter bois?

Os De-Fi DAPPS estão só no seu início, mas seu potencial é enorme. Com o surgimento de novas tecnologias, novas ideias são colocadas em práticas e prometem um futuro brilhante para criptoeconomia.