Você já aprendeu em nosso blog como comprar bitcoins, como realizar investimentos com a criptomoeda, mas você sabe como guardar seus bitcoins de forma segura?

Como guardar Bitcoins

Os meios de armazenar seu dinheiro com segurança são muito importantes e hoje vamos repassar as formas de armazenamento, seu funcionamento e suas diferenças. Com base nessas informações você poderá escolher as carteiras que mais se adequam ao seu perfil e qual o nível de segurança de cada uma delas.

Aqui novamente instituições seguras e confiáveis têm um papel fundamental. Ou seja, você deve prestar atenção neste tipo de instituição no ato da compra de bitcoins, suas taxas e sua reputação, e também no momento de guardar seus criptoativos.

Um ponto recorrente na criptoeconomia é a recomendação de não deixar seu dinheiro parado nas exchanges. Essa sugestão é recorrente porque os investidores de cripto percebem que essas instituições intermediárias de compra e venda de criptomoedas são alvos maiores de ataques virtuais.

A principal recomendação é que você guarde seus bitcoins em uma carteira, também chamadas de wallets. Já falamos por aqui que as wallets são utilizadas para guardar criptomoedas. Com uma carteira é possível transacionar as cripto, consultar os saldos virtuais e realizar transações no dia a dia.

Essas carteiras digitais armazenam as chaves públicas e privadas que dão acesso ao seu saldo. Chaves são as sequencias numéricas de letras e números que te dão acesso ao seu criptoativo.

Quando falamos de chaves públicas estamos nos referindo ao ‘endereço’ para que outras pessoas possam depositar dinheiro na sua conta/wallet. A chave privada é pessoal é sua senha e não deve ser repassada para ninguém. Por meio da wallet você consegue realizar todas essas transações de saque e depósito e ainda consultar seu saldo.

Falando em wallets, temos várias categorias disponíveis para serem utilizadas. Vamos repassar e explicar cada uma delas.

Carteiras quentes e frias

As carteiras quentes são carteiras online, que possuem ligação direta com a internet. Essa modalidade garante maior praticidade, mas pode ser mais vulnerável.  Como estão sempre disponíveis, estas carteiras possuem maior velocidade para realizar transações.

Já as carteiras frias por consequência são as carteiras que operam offline e não possuem conexão com a internet. São recomendadas para armazenar maior quantidade de criptomoedas, mas perdem na praticidade e nas opções de operação.

Neste sentido, o ideal é que o investidor possua os dois tipos de wallets e garanta a velocidade e praticidade de uma modalidade, bem como a segurança da outra.

Software wallets, paper wallets e hardware wallets

Entre as carteiras digitais disponíveis existem mais três categorias. As software e hardware wallets são programas que podem ser instalados tanto no computador como no celular, e podem ser acessadas de forma on-line ou offline.

No caso das software wallets ainda é possível realizar backups da mesma, e isso facilita na eventualidade de precisar restaurar chaves ou até mesmo recuperar sua carteira em caso de roubo de celular, por exemplo.

Neste sentido, é importante manter sempre o seu software atualizado, para que você esteja atualizado e receba todas as correções e mantenha um nível de segurança.

As hardware wallets guardam informações de chaves e transações, mas são consultadas de forma offline e por conta disso são menos vulneráveis a ataques virtuais. Nenhum software pode ser instalado nessas carteiras e isso as torna mais seguras e menos vulneráveis aos ataques virtuais.

No entanto, essa é uma das únicas carteiras que possui de fato um custo, que pode custar até R$200,00 Reais.

Por fim, as paper wallets são carteiras impressas, similares a um cheque com um QR Code. Você pode adquirir as mesmas on-line e guardar suas informações de uma forma mais analógica. Elas não são exatamente práticas e no caso de perder suas informações, não existe nenhuma garantia como um backup.

A maioria dos investidores prefere software ou hardware wallets, porém este tipo de escolha também varia de acordo com o perfil de investidor.

Agora que já repassamos pelas principais opções disponíveis para que você possa melhor guardar seus bitcoins, você já tem alguma preferida? Lembre-se que no meio de tanta opção, é importante que você escolha algo que seja prático para você e que se adapte ao seu perfil.

O Alterbank pode te ajudar nessa escolha e você pode ficar tranquilo por abrir uma conta/wallet em uma instituição segura e confiável, e transacionar seus bitcoins de forma prática e que se adeque ao seu perfil, seja para usar seus bitcoins no dia-a-dia, ou para realizar investimentos diversos com a criptomoeda.

Além disso, você também pode usufruir no Alterbank de diversos serviços bancários e transitar entre a criptoeconomia e a economia tradicional com a transparência e praticidade necessárias.

Se você ainda não abriu sua conta, não perca tempo!